Você é o tipo certo de alguém

Em junho, precisamente no dia 14, o mundo celebra o Dia do Doador de Sangue. Por isso e pelo motivo do frio afastar os doadores, o mês ficou conhecido como “Junho Vermelho”, um período voltado para a conscientização sobre a importância de ser um doador.

Doar sangue é um gesto de amor que impacta diretamente a vida de muitas pessoas que precisam dessas doações para viver ou se recuperar.

Apesar da COVID-19, a doação não pode parar. Os estoques baixos apresentam riscos para os pacientes que precisam desse sangue para sobreviver ou se recuperar de cirurgias e outros procedimentos ou doenças.

Para receber os doadores, os hemocentros do país e os serviços de hemoterapia estão preparados, sem risco para os doadores. Várias medidas foram providenciadas para garantir a segurança e saúde dos doadores e dos profissionais da saúde que trabalham nos locais de coleta.

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos.

Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

Em relação à Covid-19, são considerados doadores inaptos para a doação de sangue por um período de 30 dias aqueles que apresentarem sintomas respiratórios e febre ou se tiverem tido contato, há menos de 30 dias, com casos suspeitos ou confirmados de COVID-19. Saiba como doar em tempos de pandemia:

  • Para evitar a aglomeração de pessoas no momento da coleta, o agendamento da doação está disponível em alguns locais;
  • Indivíduos que apresentaram sintomas respiratórios e febre nos últimos 30 dias não podem realizar qualquer tipo de doação;
  • Se o doador esteve em contato com algum paciente que teve COVID-19 ou apresentou sintomas, não poderá fazer a doação de sangue no período de no mínimo 14 dias;
  • O distanciamento seguro entre os doadores durante a coleta é respeitado;
  • Os serviços oferecem condições de lavagem de mãos, uso de antissépticos e acolhimento que minimizem a exposição a aglomerado de pessoas;
  • Os cuidados com a higienização das áreas, instrumentos e superfícies também têm sido intensificados pelos hemocentros.

Onde doar sangue? Acesse o link para encontrar o Hemocentro mais perto de você.
A Futura oferece pós graduações na área da saúde, confira os cursos e venha estudar com a gente!

agencia